terça-feira, 17 de junho de 2014

Mão Doce - lançamento especial: Estação de Brigadeiros


No dia 29 de junho, haverá um lançamento muito saboroso da Mão Doce:  Estação de Brigadeiros!!! Uauuuuuuuuuuuuu!!!
Uma novidade super doce: Brigadeiros de Colher para montar do jeito que você quiser!
Não vai ficar fora dessa. né?

Para participar, clique aqui.

DIA: 29-06
HORÁRIO: 14h às 19h30
LOCAL? La Provence

Eu vou e vc?

Beijos
Su

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Casamento em Las Vegas!!!

Olá noivinhas!!! Saudades!!!

Quem nunca teve vontade de casar em Las Vegas? Essa semana farei uma síntese de tudo que precisa para realização de um casamento em Vegas, Baby!

Por enquanto vamos curtindo imagens divertidas e lindas, a cara de Vegas!!!







terça-feira, 25 de março de 2014

Cinquenta Tons de Cinza - Chá de Lingerie


Oi meninas! Boa tarde!!!
Neste fds fui a um Chá de Lingerie bem diferente e cheio de detalhes ousados!
O tema era a Trilogia famosa: Cinquenta Tons de Cinza e a noiva caprichou nos detalhes que remetem ao romance. 

Sobre o romance:
O livro conta a história de Anastasia Steele, uma jovem e ingênua estudante de literatura que aos 21 anos nunca teve um namorado. Ana, como prefere ser chamada, é uma mulher bonita, inteligente, mas extremamente desastrada. Ela mora com a amiga Kate –, que estuda jornalismo. Ana conhece Christian Grey, um bilionário de 28 anos que comanda um negócio multinacional, numa entrevista para a faculdade. 
Quando Ana e Christian se conhecem, logo sentem uma forte atração um pelo outro. Apesar de sua inexperiência, Ana parece decidida a encarar um relacionamento e se entregar ao amor. Christian, por sua vez, é um homem com preferências estranhas e isso faz Ana hesitar em um primeiro momento. Não demora muito para que eles embarquem num intenso e sensual caso de amor. Ela descobre mais sobre seus próprios desejos e se choca ao descobrir também que por trás daquele homem de sucesso existe um passado misterioso e segredos obscuros.

Somente que já leu vai entender cada detalhe, que foi muito bem elaborado no chá.

Convite:

"Venha descobrir sua Deusa interior em uma festa que terá 50 tons de diversão. Gravatas e máscaras, chicotes e algemas, vinhos e baunilhas!
Conto com você, afinal, estamos aqui para satisfazer!"

Logo na chegada, recebíamos um contrato que eu elaborei com ela. Peguei o contrato do livro e adaptei para o chá. Cada convidada precisava ler, assinar e entregar.

Contrato completo:
Contrato firmado entre
Srta Sousa, residente em Samambaia (a noiva)
__________________________(a convidada)

AS PARTES CONCORDAM COM OS TERMOS ABAIXO:
1 – Os termos a seguir são parte de um contrato vinculante entre a NOIVA e a CONVIDADA.
TERMOS FUNDAMENTAIS:
2 - O propósito fundamental deste contrato é permitir que a NOIVA e a CONVIDADA explorem sua sensualidade e seus limites de forma segura, com o devido respeito e cuidar de suas necessidades, seus limites e seu bem-estar.
3 – A CONVIDADA e a NOIVA concordam e confirmam que tudo que ocorra sob os termos do presente contrato será consensual, confidencial e sujeito aos limites acordados e aos procedimentos de segurança estabelecidos no presente contrato.
OBRIGAÇÕES:
4 – A NOIVA e a CONVIDADA devem interagir com as brincadeiras e interações, dentro das limitações de cada pessoa.
VIGÊNCIA E TÉRMINO
5 – A NOIVA e a CONVIDADA celebram o presente contrato no Início da Festa plenamente cientes de sua natureza e se comprometem a cumprir plenamente suas condições, até o raiar do dia seguinte!
ATIVIDADES
6 – Foram preparadas as mais diversas atividades para a CONVIDADA. Apreciem, sem moderação!  
CÓDIGO DE SEGURANÇA
7 – Para sinalizarem o limite das atividades, usaremos o seguinte código de segurança:
CÓDIGO AMARELO: será usado para chamar a atenção da NOIVA para o fato de que a CONVIDADA chegou perto de seu limite suportável.
CÓDIGO VERMELHO: será usado para chamar a atenção da NOIVA para o fato de que a CONVIDADA não pode tolerar mais qualquer exigência.
CONCLUSÃO
8 - Nós, abaixo assinados, lemos e entendemos plenamente as disposições do presente contrato. E por estarmos assim justos e contratados, assinamos o presente instrumento.
A NOIVA: Srta SOUSA.
Data: 22-03-2014
A CONVIDADA: _____________________________________

REGRAS GERAIS:
·         Utilize sempre as palavras de segurança: ESTAMOS AQUI PARA SATISFAZER!
·         Não contenha sua Deusa interior
·         Chame sempre a noiva de Srta Sousa e se apresente como Srta + seu sobrenome.
·         Será totalmente submissa para a diversão

A decoração estava toda de acordo com detalhes da história.



Eu fiz essa maquete com isopor e tecido












Parabéns, Vivi, vc arrasou no chá!

beijos
Su

quinta-feira, 13 de março de 2014

Beaumontt - Novo salão de beleza em Brasília

Ontem (12/03/2014) inaugurou em Brasília o mais novo salão de beleza: Beaumontt, by Chiquinho Alves.


Sou suspeita pq amo o trabalho do Chiquinho e dua turma: Conceição, Jô, Sales e tantas outras pessoas. A galera é SHOW! E agora, para mais conforto e alegria das noivas, o salão está impecável! Um sonho de luxo! Noivas, madrinhas, mães e mulheres, para toda e qualquer ocasião, sintam-se sempre mais lindas lá no Beaumontt!

Fotos da inauguração:


Desfile de vestidos belíssimos de Vilma Rocha, Fernando Peixoto, André Kallagri e Miguel Habacuc.





 O salão está muito bem localizado, na 212 sul. Vale a pena conhecer! E tem um quarto pulo glamour para as noivas!

Algumas produções de lá. Será que amo o Chiquinho e sua equipe? Só ele consegue deixar esses meus micro olhos bonitos e maquiados!




 

bjos
Su

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Cerimonial Bendita Noiva: NOTA ZERO

Oláaa!!! Saudades do mundo bloguístico!

Lendo o blog de uma amiga hoje dei uma empolgada para voltar ao meu. Confesso que dei uma desanimada grande, talvez preguiça pura... Mas ao mesmo tempo sinto mta saudade da interação aqui no blog. Foi através dele que fiz tanta amizade!

Então, até resolver se continuo ou não com o blog, vou tentar terminar o Casamos. Acho que vou tentar seguir a linha das amigas blogueiras que casaram: criar outro blog para continuar, mas com outros vários assuntos: casa, decoração, viagens...

Meninas, esse é um assunto bem polêmico. Não sabia se iria escrever, mas não podemos falar só de coisas boas. E acho importantíssimo alertar as noivas. Vou descrever minuciosamente como foi meu cerimonial: UMA PORCARIA. Quem era: Bendita Noiva, a "bendita" Márcia Kawamoto.


Os dois únicos fornecedores que me deram trabalho no grande Dia: Banda e Cerimonial. Conversei com a Márcia (Bendita Noiva) e com o Daniel (Soncietà), após o casamento. O Daniel me esclareceu que o atraso não foi culpa da banda.  Ele chegou cedo para montar o som, pois faria os dois casamentos, mas o pessoal da Catedral só permitiu a montagem depois da missa, o que atrasou em meia hora para o primeiro casamento começar. O primeiro casamento terminou 20h30, eu já estava lá fora, dentro do carro. Pois bem, oficialmente, meu casamento estava atrasado apenas meia hora, pois estava marcado na igreja 20h, no convite, 19h30.

ATRASO
A partir daí é que começam os erros, do CERIMONIAL. Teve uma queda de energia, e que graças a Deus o gerador segurou, e os músicos tiveram que fazer uns ajustes nos instrumentos. O Daniel me disse que isso demorou uns 15min. Ok. Mas, o meu casamento foi começar somente 21h45. Uma hora e quinze minutos depois do segundo casamento ter terminado. E durante essa UMA HORA E QUINZE MINUTOS, NINGUÉM do cerimonial foi lá fora ver se a pobre da Noiva aqui tinha dado um infarto ou tinha se jogado da Limousine. Isso eu achei um ABSURDO. O papel do cerimonial era me acalmar, dizer o que estava acontecendo e que estava sendo resolvido, enfim... O coitado do motorista era quem ficava indo e voltando, me dizendo o que estava acontecendo. Era a Márcia perdida tentando organizar o roteiro. Quem organizou, na verdade, foram os próprios padrinhos e pais das crianças... Uma lástima, pq o cerimonial estava pago para tal.


Vcs têm noção de que ela me confirmou que não havia “DECORADO” o meu roteiro? Eu não acreditei naquilo. Desde quando ela precisa DECORAR meu roteiro? Ela precisa apenas, LER e EXECUTAR. Simples assim. Ela alegou que nunca havia feito um casamento com tantos detalhes e admitiu que ficou perdida. Agora me diga uma coisa, se ELA, que era a coordenadora não sabia do meu roteiro, imagine as assistentes dela? Por isso estavam todas mais perdidas mais do que cego em tiroteio.

Pelo menos ela teve coragem de pedir desculpa e admitir que ERROU. E errou feio. Muito feio. Ela me disse que a partir de agora, vai pedir que as noivas mandem o roteiro com muita antecedência, pq realmente eu mandei de sexta pra sábado, mas ela era minha cerimonial do DIA, ou seja, para mim, eu deveria entregar até o DIA. Ela, como profissional, que deveria ter me pedido antes, por mim, estava tudo tranquilo. Mas ela teve tempo suficiente para ler e aprender meu roteiro. Era só ler, SÓ LER. Isso porque na semana do casamento, eu fui na casa dela, com minha irmã, li TODO o roteiro com ela, no meu notebook e perguntei se ela queria adicionar mais assistentes, que eu fazia questão de pagar. Ela me disse que não precisava.

Realmente meu casamento exigia muita atenção. Muitas entradas, muitas músicas, muitos padrinhos, muitos detalhes. Mas ela foi alertada e acho que ela subestimou meu casamento, pois sequer estudou meu roteiro. Não sabia nem pra ela, quanto mais pra ensinar as assistentes. Eram ela, duas meninas (mais perdidas do que tudo) e um rapaz (ele foi o salvador da pátria, super esperto e pró-ativo).

Vou tentar resumir os problemas, senão dá pra eu escrever um livro maior que a bíblia:

Microfone sem fio:
Eu fiz a leitura de uma mensagem antes da minha entrada, e o microfone falhou demais. O Daniel (coordenador da banda) errou em não me perguntar a distância que eu estaria, pq eu não faço ideia desses detalhes. Daí, como eu estava longe, o microfone teve interferências. Mas a maioria dos convidados achou que eu estava emocionada e não percebeu tanto. Falta de atenção deles e falta da orientação total da Márcia, que, antes de começar a cerimônia, deveria ter avisado à banda, para eles prepararem o microfone, avisando de onde seria feita a leitura.

Música do Evangelho:
Engoliram a música do evangelho. O Daniel não soube explicar o por quê de não terem tocado. Falta de atenção deles e falta da orientação do cerimonial.


 •        A Márcia não me deu NENHUMA assistência nem na cerimônia, nem na recepção. Meu noivo esqueceu de levar a imagem da Sagrada Família, que era para uma daminha entrar. Ele avisou pra ela antes da cerimônia e pediu para ela encaixar a daminha em outra coisa. Eu fiz buquezinho de doces para todas, mesmo para as que não entrariam com buquê, eu fiz, para entregar depois da entrada delas, no caso dessa que levaria a imagem. Daí ela entrou junto com as outras duas que entrariam com buquê de doces.
A Márcia não me avisou que não entraria a imagem, nem o João, pois ele já havia avisado pra ela. Durante a cerimônia, eu tive que chamá-la, para perguntar: CADÊ A ENTRADA DA LUISA? Aí é que ela foi me avisar. Pq ela não foi lá fora, antes de eu entrar, me avisar? Mas ela só foi lá fora UMA ÚNICA VEZ, assim que eu cheguei, para me entregar o buquê.

•        Eu levei para os meninos potinhos com jujubas, para eles ficarem quietinhos durante a cerimônia. Ela NÃO ENTREGOU. Os potinhos voltaram para minha casa.

•        Na hora de entrar a imagem de Maria, a Márcia entregou a imagem caída para a vó do noivo. Entrou toda torta. Ela pareceu desesperada, foi correndo pegar a imagem, assim que começou a música, um corre corre ridículo.

•        Houve sumiço de alguns guardanapos, quebra de taças e vaso, do decorador, que me custou mto dinheiro. Em nenhum momento a Márcia checou, ou esteve ciente, ou seja, eu tenho que pagar e pronto. Ela não repassou para ninguém da família, nem assinou ciência em nada...

•        Como atrasou muito, alguns fornecedores cobraram adicional, para ficarem até depois das 3h da manhã. A festa foi até 4h, pq EU tive que subir lá, quando o cara acendeu as luzes, e pedir para ficar mais uma hora, pagando o adicional. Eu gastei mais de mil reais de adicionais. A Carol, gerente do Buffet, que me ajudou em tudo. A festa estava bombando!

•        Nós havíamos fechado com músicos da corte, voz e violino, ao vivo, até antes de abrir a pista de dança. Mas o atraso foi tanto, que eles tiveram que ir embora, pois tinham outro evento. Resultado: Pagamos e não usufruímos.

•        Pedi para ela informar aos garçons para não jogarem as forminhas fora, pois eu iria doar para uma amiga, não voltou nem 400, eram 1800 forminhas.


•        E o inacreditável: NÃO ENTREGARAM  as Lágrimas de Alegria. Vontade de gritaaaaaaaaaaaar de raiva. Ficamos dias fazendo tudo, com carinho e dedicação, para as incompetentes não entregarem. E o pior, os lencinhos ESTAVAM na igreja. Simplesmente NÃO ENTREGARAM. Lindaaaas, de renda. Poucas pessoas, que viram uma caixa jogada lá perdida, pegaram.

•        Fizemos o vale sandália, com o papel escrito Vale Conforto para os pés e a sandalinha de acrílico. Deixei claro que não era para pegar a sandalinha, só o papel, era só puxar o papel, entregar a sandalinha de acrílico e a sandália de verdade. Simples. Elas fizeram? Claaaaaaro que não. Resultado: Mais de 150 chaveirinhos de sandalinhas de acrílico lá em ksa.

•        Outra coisa inacreditável (na verdade, tudo que ela fez foi inacreditável) foi sobre a maquete que conte aqui.  Ela tinha o DEVER de me ligar e perguntar. Ou, no mínimo, me avisar, antes de descer da suíte, que a maquete foi trocada por isso e por aquilo. Eu já saberia e não teria aquela reação de raiva. Eu não gostei da maquete escolhida, cheia de folhinhas verdes. Detesto. Mas o conjunto da decoração em si, muito me agradou, agradou 100%, então relevei. Mas minha raiva poderia ter sido evitada, se a Márcia tivesse feito o papel dela. Vcs sabem que quando a noiva escolhe uma coisa e vê outra, JÁ ERA. A raiva consome na hora.

•        Na saída, ela não reuniu os pajens para tirar a foto do altar, não organizou a saída. PASME, ficou olhando pra minha cara e eu olhado pra cara dela aí, eu, virada para os convidados, TODO mundo me olhando e eu tive que soltar aquele suave “MÁRCIA, OS PADRINHOS, A SAÍIIIIIIIIIIDA DOS PADRINHOS. Aí a “santa” ACORDOU e iniciou a saída dos padrinhos, para enfim, sairmos. Ela não organizou nada. Os padrinhos não sabiam se saiam da igreja ou faziam o corredor para nos aplaudir, NADA. Ainda bem que fizeram certinho, por conta própria. Nos aplaudiram e ficou lindo! Era para ter os sparkles, ela não colocou na saída da igreja, aí usei na recepção.

•        Na saída, teve a queima de fogos, fomos correndo, eu, o marido, os fotógrafos e os cinegrafistas. Sim, e onde seria a queima???? Cadê o cerimonial? NÃO estava nos acompanhando. Aí, de repente, vem uma louca desvairada, correndo, desesperada e eu falei: Minha filha, onde é a queima. E ela: Não sei. Pois bem, nem pisquei e começou a queima! Vimos! Ufa, foi lindo!

•        Na hora de jogar o buquê, tinha a oração do desencalhe e o veuzinho. Não desceram os veuzinhos e quem foi lá correndo buscar foi a Daniele, da TLD, depois de eu gritar no microfone: CERIMONIAAAAAL, KD OS VEUZINHOS???? Em nenhum momento tinha alguém do cerimonial do meu lado.
.
•        Não anotaram os nomes nos presentes. Não sei quem deu o quê.

•        Não prendeu minha calda. Por causa disso, meu vestido ficou imundo e até rasgou um pedaço do tule francês, carérrimo. Eu queria aproveitar (e aproveitei) ao máximo da minha festa. Iria ficar preocupando em sujar vestido? Se eu tivesse tido um cerimonial de verdade, teria se preocupado com isso por mim... Infelizmente não tive.

•        Ela não organizou nem os padrinhos, nem as damoiselles, nem damas, nem pajens, NINGUÉM.
A minha equipe de cerimonial foi minha irmã, o irmão do João, e algumas madrinhas.

E foi isso, meninas. A minha sorte foi que tive 99,9% de profissionais competentes e muito eficientes, ou seja, não dependiam da incompetente da cerimonialista para funcionar. Meu casamento foi maravilhoso, mas poderia ter evitado passar por esses desgastes. A Márcia foi muito INEFICIENTE. Eu conversei com ela pessoalmente e falei com toda sinceridade para ela, que foi a decepção do meu casamento e que a nota dela era ZERO. Eu disse ainda que espero que, depois do meu casamento, ela se profissionalize para trabalhar em casamentos com cortejos complexos, como foi o meu.

Foram detalhes que faziam parte do meu sonho, que eu e várias pessoas, preparamos com carinho, dedicação, para vir uma pessoa incompetente tentar estragar. Graças a Deus, foram detalhes que a maioria dos convidados não perceberam, até pq não sabiam como seria, então, nem sentiram falta. Ela chegou a dizer que eu estava fazendo tempestade num copo dágua. Muita cara de pau. Se eu preparei cada detalhe, era pq cada detalhe era importante para mim. Claro que nada sai perfeito, nem o casamento da Rainha da Inglaterra foi perfeito, mas, como viu, foram muitos errinhos bobos, que poderiam ser evitados. Foram coisas que não tiraram o brilho do nosso grande dia, pois graças a Deus só recebemos elogios e todos gostaram muito da nossa cerimônia, da nossa festa.

Demorei para escrever sobre isso no blog porque estava em dúvida se entraria na justiça. Seria causa ganha, com certeza. Mas estou com preguiça disso. Não vai me fazer falta a indenização que receberia. Deixa ela utilizar esse dinheiro para fazer um curso e se profissionalizar, para que não faça mais nenhum tipo de incompetência nos casamentos. O pior é que depois do meu casamento, já ouvi inúmeros relatos de vacilos dela em outros casamentos. Além de muitas noivas que rescindiram com ela, conseguiram se livrar de um problema a tempo. Ela tem relatos positivos, tem sim. Talvez para mini casamentos ela exerça bem, poucos detalhes, poucas pessoas. Ela não era e nem deve ser (um ano e pouco depois) preparada para um casamento cheio de detalhes e para 300 pessoas, como no meu caso.

Então, o que eu recomento: pesquisem e busquem um cerimonial de confiança. Não poupem esforços ou investimento. Vale a pena!

Bjos
Su